Gênesis 1

O princípio.

1No princípio, Deus criou o céu e a terra. 2E a terra era sem forma e vazia; e a escuridão estava sobre a face do abismo. E o Espírito de Deus se moveu sobre a face das águas.

3E disse Deus: “Haja luz”; e houve luz. 4E viu Deus a luz, que era boa; e Deus separou a luz das trevas. 5E chamou Deus a luz Dia e a escuridão chamou a Noite. E a tarde e a manhã foram o primeiro dia.

6E disse Deus: “Haja um firmamento no meio das águas, e haja separação entre águas e águas”. 7E Deus fez o firmamento e dividiu as águas que estavam debaixo do firmamento das águas que estavam acima do firmamento; e assim foi. 8E Deus chamou o céu firmamento. E a tarde e a manhã foram o segundo dia.

9E disse Deus: “As águas, debaixo do céu, se ajuntem num lugar, e a terra seca apareça”. E assim foi. 10E Deus chamou a terra seca de Terra; e o ajuntamento das águas chamou de mares; e Deus viu que isso era bom.

11E disse Deus: “Produza a terra erva, a erva que produz semente, e o fruto, que dê fruto segundo a sua espécie, cuja semente está em si, sobre a terra”. E assim foi. 12E a terra produziu relva e erva, produzindo semente conforme a sua espécie, e a árvore, dando fruto, cuja semente estava conforme a sua espécie; e viu Deus que isso era bom. 13E foi a tarde e a manhã o terceiro dia.

14E disse Deus: “Haja luminares no firmamento do céu, para repartir o dia, da noite; e sejam eles para sinais e para tempos determinados e para dias e anos; 15e sirvam de luminares no firmamento do céu, para iluminar a terra”. E assim foi. 16E Deus fez duas grandes luzes; a luz maior para governar o dia, e a luz menor para governar a noite: Ele também fez as estrelas. 17E Deus os pôs no firmamento do céu, para iluminar a terra, 18para governar o dia e a noite, e para separar a luz das trevas; e viu Deus que isso era bom. 19E a tarde e a manhã foram o quarto dia.

20E disse Deus: “Produzam as águas abundantemente criaturas que têm vida e aves que possam voar acima da terra no firmamento celestial”. 21E Deus criou grandes baleias, e toda criatura vivente que se move, que as águas produziram abundantemente, conforme a sua espécie, e toda ave alada conforme a sua espécie; e viu Deus que isso era bom. 22E Deus os abençoou, dizendo: “Frutifiquem e multipliquem-se, e encham as águas nos mares, e multipliquem as aves na terra”. 23E foi a tarde e a manhã o quinto dia.

24E disse Deus: “Produza a terra seres viventes conforme a sua espécie, gado, e répteis e feras da terra conforme a sua espécie”; e assim foi. 25E Deus fez as feras da terra conforme a sua espécie, e gado segundo a sua espécie, e tudo o que se arrasta sobre a terra conforme a sua espécie; e viu Deus que isso era bom.

26E disse Deus: “Façamos o homem à Nossa imagem, conforme a Nossa semelhança; e que ele tenha domínio sobre os peixes do mar, e sobre as aves do céu, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se arrasta sobre a terra”. 27Assim Deus criou o homem à Sua imagem, à imagem de Deus o criou; macho e fêmea os criou. 28E Deus os abençoou, e disse-lhes Deus: “Frutifiquem e multipliquem-se, e encham a terra, e a dominem; e dominem sobre os peixes do mar, e sobre as aves do céu, e sobre toda coisa viva que se move sobre a terra”.

29E disse Deus: “Eis que lhe tenho dado toda erva que leva semente, que está sobre a face de toda a terra, e toda árvore, na qual é o fruto de uma árvore que dá semente; para você será para mantimento. 30E a todos os animais da terra, a todas as aves do céu e a todo ser vivente que se arrasta sobre a terra, tenho dado todas as ervas verdes como mantimento”. E assim foi. 31E Deus viu tudo o que tinha feito e eis que era muito bom. E a tarde e a manhã foram o sexto dia.


Gênesis 1 é um capítulo da Bíblia que descreve a criação do mundo e tudo nele por Deus. É uma das passagens mais conhecidas e significativas da Bíblia, e tem sido interpretada e analisada de várias maneiras ao longo da história.

O capítulo está estruturado como uma série de seis dias de criação, cada dia representando um aspecto diferente da formação do mundo. No primeiro dia, Deus cria a luz e a separa das trevas. No segundo dia, Deus cria o céu e o separa das águas. No terceiro dia, Deus separa as águas para criar a terra seca e também cria as plantas e a vegetação. No quarto dia, Deus cria o sol, a lua e as estrelas para governar o dia e a noite. No quinto dia, Deus cria criaturas marinhas e pássaros. E no sexto dia, Deus cria os animais terrestres, incluindo os humanos, que são feitos à imagem de Deus.

O capítulo enfatiza o poder e a soberania de Deus, que é retratado como o criador e sustentador de todas as coisas. Também enfatiza a bondade da criação, pois Deus declara que o trabalho de cada dia é bom. Além disso, o capítulo destaca a importância da ordem e da estrutura, pois Deus separa e categoriza diferentes aspectos do mundo.

As interpretações de Gênesis 1 variaram ao longo da história, com diferentes tradições religiosas e estudiosos enfatizando diferentes aspectos do texto. Alguns veem o capítulo como um relato literal e histórico da criação, enquanto outros o interpretam como uma representação metafórica ou simbólica do poder de Deus e do relacionamento entre Deus e a humanidade. Independentemente da interpretação, Gênesis 1 continua sendo um texto significativo e fundamental na tradição judaico-cristã, inspirando admiração pela beleza e complexidade do mundo natural e pelo poder do divino.

© 2023. A Bíblia King James Livre está licenciada sob uma licença CC BY-NC-ND 4.0.