Gênesis 1

O princípio.

1No princípio, Deus criou o céu e a terra. 2E a terra era sem forma e vazia; e a escuridão estava sobre a face do abismo. E o Espírito de Deus se moveu sobre a face das águas.

3E disse Deus: “Haja luz”; e houve luz. 4E viu Deus a luz, que era boa; e Deus separou a luz das trevas. 5E chamou Deus a luz Dia e a escuridão chamou a Noite. E a tarde e a manhã foram o primeiro dia.

6E disse Deus: “Haja um firmamento no meio das águas, e haja separação entre águas e águas”. 7E Deus fez o firmamento e dividiu as águas que estavam debaixo do firmamento das águas que estavam acima do firmamento; e assim foi. 8E Deus chamou o céu firmamento. E a tarde e a manhã foram o segundo dia.

9E disse Deus: “As águas, debaixo do céu, se ajuntem num lugar, e a terra seca apareça”. E assim foi. 10E Deus chamou a terra seca de Terra; e o ajuntamento das águas chamou de mares; e Deus viu que isso era bom.

11E disse Deus: “Produza a terra erva, a erva que produz semente, e o fruto, que dê fruto segundo a sua espécie, cuja semente está em si, sobre a terra”. E assim foi. 12E a terra produziu relva e erva, produzindo semente conforme a sua espécie, e a árvore, dando fruto, cuja semente estava conforme a sua espécie; e viu Deus que isso era bom. 13E foi a tarde e a manhã o terceiro dia.

14E disse Deus: “Haja luminares no firmamento do céu, para repartir o dia, da noite; e sejam eles para sinais e para tempos determinados e para dias e anos; 15e sirvam de luminares no firmamento do céu, para iluminar a terra”. E assim foi. 16E Deus fez duas grandes luzes; a luz maior para governar o dia, e a luz menor para governar a noite: Ele também fez as estrelas. 17E Deus os pôs no firmamento do céu, para iluminar a terra, 18para governar o dia e a noite, e para separar a luz das trevas; e viu Deus que isso era bom. 19E a tarde e a manhã foram o quarto dia.

20E disse Deus: “Produzam as águas abundantemente criaturas que têm vida e aves que possam voar acima da terra no firmamento celestial”. 21E Deus criou grandes baleias, e toda criatura vivente que se move, que as águas produziram abundantemente, conforme a sua espécie, e toda ave alada conforme a sua espécie; e viu Deus que isso era bom. 22E Deus os abençoou, dizendo: “Frutifiquem e multipliquem-se, e encham as águas nos mares, e multipliquem as aves na terra”. 23E foi a tarde e a manhã o quinto dia.

24E disse Deus: “Produza a terra seres viventes conforme a sua espécie, gado, e répteis e feras da terra conforme a sua espécie”; e assim foi. 25E Deus fez as feras da terra conforme a sua espécie, e gado segundo a sua espécie, e tudo o que se arrasta sobre a terra conforme a sua espécie; e viu Deus que isso era bom.

26E disse Deus: “Façamos o homem à Nossa imagem, conforme a Nossa semelhança; e que ele tenha domínio sobre os peixes do mar, e sobre as aves do céu, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se arrasta sobre a terra”. 27Assim Deus criou o homem à Sua imagem, à imagem de Deus o criou; macho e fêmea os criou. 28E Deus os abençoou, e disse-lhes Deus: “Frutifiquem e multipliquem-se, e encham a terra, e a dominem; e dominem sobre os peixes do mar, e sobre as aves do céu, e sobre toda coisa viva que se move sobre a terra”.

29E disse Deus: “Eis que lhe tenho dado toda erva que leva semente, que está sobre a face de toda a terra, e toda árvore, na qual é o fruto de uma árvore que dá semente; para você será para mantimento. 30E a todos os animais da terra, a todas as aves do céu e a todo ser vivente que se arrasta sobre a terra, tenho dado todas as ervas verdes como mantimento”. E assim foi. 31E Deus viu tudo o que tinha feito e eis que era muito bom. E a tarde e a manhã foram o sexto dia.


Gênesis 1 é um capítulo da Bíblia que descreve a criação do mundo e tudo nele por Deus. É uma das passagens mais conhecidas e significativas da Bíblia, e tem sido interpretada e analisada de várias maneiras ao longo da história.

O capítulo está estruturado como uma série de seis dias de criação, cada dia representando um aspecto diferente da formação do mundo. No primeiro dia, Deus cria a luz e a separa das trevas. No segundo dia, Deus cria o céu e o separa das águas. No terceiro dia, Deus separa as águas para criar a terra seca e também cria as plantas e a vegetação. No quarto dia, Deus cria o sol, a lua e as estrelas para governar o dia e a noite. No quinto dia, Deus cria criaturas marinhas e pássaros. E no sexto dia, Deus cria os animais terrestres, incluindo os humanos, que são feitos à imagem de Deus.

O capítulo enfatiza o poder e a soberania de Deus, que é retratado como o criador e sustentador de todas as coisas. Também enfatiza a bondade da criação, pois Deus declara que o trabalho de cada dia é bom. Além disso, o capítulo destaca a importância da ordem e da estrutura, pois Deus separa e categoriza diferentes aspectos do mundo.

As interpretações de Gênesis 1 variaram ao longo da história, com diferentes tradições religiosas e estudiosos enfatizando diferentes aspectos do texto. Alguns veem o capítulo como um relato literal e histórico da criação, enquanto outros o interpretam como uma representação metafórica ou simbólica do poder de Deus e do relacionamento entre Deus e a humanidade. Independentemente da interpretação, Gênesis 1 continua sendo um texto significativo e fundamental na tradição judaico-cristã, inspirando admiração pela beleza e complexidade do mundo natural e pelo poder do divino.

Agostinho

LIVRO PRIMEIRO

Interpretação Sagrada deve ser entendida tanto literal quanto figurativamente.

O que "no princípio" e "céu e terra" significam.

O que "céu e terra" significam.

A Criação da Luz.

A Voz de Deus Criando a Luz.

A Voz de Deus Criando a Luz e a Palavra.

O Que é a Própria Luz Feita por Deus?

Se Deus criou "dizendo" em Sua Palavra.

Como a matéria informe é formada.

A criatura informe é formada convertendo-se à luz da sabedoria.

A Trindade é sugerida tanto no começo quanto na conclusão da criação.

Como a Trindade é sugerida no próprio começo da criação.

O que significa "O Espírito de Deus pairava sobre as águas"?

Deus ama sua criação para que exista e permaneça.

Quando Deus disse: "Haja luz".

Qual foi a natureza da "voz" de Deus ao criar a luz.

Se a Palavra de Deus foi proferida no tempo ou além do tempo?

No livro de Gênesis 1, 5, parece que a luz foi criada ao longo do espaço de um dia.

A luz e sua separação das trevas não foram feitas simultaneamente?

Deus chamou a luz de dia etc., segundo as razões eternas de Sua Sabedoria.

Como o sol em um lugar realiza o dia, e em outro a noite.

A primeira luz era espiritual ou corporal?

A luz foi feita primeiro e a alternância dos dias.

Luz e sombra: dia e noite antes da criação do sol.

Com que luz os dias e noites se sucediam?

Como as águas foram congregadas.

Quando as águas e a terra foram feitas.

O mundo criado a partir de matéria informe feita por Deus.

A matéria e a forma das coisas são criadas juntas.

Como a Escritura insinua a informidade da matéria.

Outra razão pela qual o dia e a noite foram criados, talvez pela emissão e contração da luz?

A luz espiritual, a luz não criada, que ilumina as criaturas espirituais e racionais.

A divisão da luz das trevas é explicada de forma alegórica.

O que a divisão da luz das trevas pode insinuar.

A dificuldade da luz espiritual, como nela há noite e manhã.

Deus opera pelas razões eternas de Sua Palavra e pelo amor de Seu Espírito.

É necessário usar prudência na interpretação das Escrituras Sagradas.

Não devemos fazer afirmações precipitadas sobre passagens obscuras das Escrituras.

Na interpretação de Gênesis, Agostinho apresenta várias opiniões sem confirmar nenhuma com confiança.

Que entendimento deve ser escolhido em questões claras ou obscuras.